Notícias

13/01/2018 - Noticias
Desacobertamento total dos OVNIs é uma questão de dias – Grant Cameron...
por History - Tradução e adaptação de PY4SM

 

O canal do YouTube entrevistou o pesquisador de OVNIs e exopolítica Grant Cameron, e o ativista da ovnilogia Stephen Bassett, do Paradigm Research Group, para falarem sobre os recentes eventos que parecem ser o início de um desacobertamento final do fenômeno dos OVNIs.

Na entrevista, que é conduzida por Alan Steinfeld, Grant Cameron começa revelando que, de acordo com George Knapp, há pelo menos 24 vídeos mais que estão bem guardados, e que em breve serão divulgados, bem como 38 relatos oficiais com até 490 páginas cada.

Stephen Bassett, ao começar sua fala na entrevista, disse que as pessoas envolvidas no caso são indivíduos do alto nível governamental, e não é provável que se envolveriam nisso se não tivessem algo grandioso ao final de tudo.  Eles deixaram suas posições no governo e teriam muitas possibilidades profissionais para seguirem suas vidas de forma confortável, porém escolheram seguir esta rota, que é um dos assuntos mais controversos do mundo.  Bassett também observa que as duas filmagens liberadas não representam nada quando comparadas com as muitas centenas – possivelmente milhares – de filmagens que os militares dos EUA possuem desse tipo de incidente. Eles têm perseguido os OVNIs por 70 anos e há muitas pessoas nos meios militares que acham que essa informação deveria ser divulgada há muito tempo, porém um número igual de pessoas quer manter isto em segredo para sempre.

Ao Bassett finalizar sua primeira fala na entrevista, Grant Cameron concordou com ele de que há uma disputa interna entre aqueles que querem a abertura e o total desacobertamento do fenômeno e aqueles que querem manter tudo em segredo. Ele menciona que um dos problemas é que algumas das pessoas no governo que estão por dentro do fenômeno acham que isto se trata de um fenômeno demoníaco e estas crenças religiosas influenciam grandemente no bloqueio das informações. Cameron diz que, considerando-se a forma com que a informação foi liberada, tudo indica que tudo foi orquestrado cuidadosamente, sendo que as primeiras notícias saíram em grandes veículos de notícias quase que simultaneamente, como o New York Times e o Washington Post.

Um fato interessante que Cameron menciona é sobre o multimilionário Robert Bigelow que é contra as iniciativas como as do SETI e METI, ambos procuram por sinais de vida inteligente lá fora, pois,  por que gastar tempo e dinheiro para procurar lá fora, se isto está aqui bem debaixo dos nossos narizes?

Cameron também lembra a todos que Robert Bigelow diz explicitamente que os responsáveis pelo fenômeno dos OVNIs são mesmo ETs (extraterrestres, e não seres espirituais ou de outras dimensões), e que eles já estão entre nós, como já foi publicado aqui no site da LABRE-MG em junho de 2017, o que ao meu ver foi uma notícia excepcionalmente importante, mas que muitos simplesmente não entenderam o impacto que ela teve na confirmação daquilo que temos mostrado aqui.

Também interessante observar na entrevista em vídeo o fato de que Cameron diz que Tom DeLonge, embora tenha montado toda essa operação, não é mais o membro principal do projeto, deixando seu lugar de liderança para os indíduos que faziam parte das agências governamentais dos EUA, e agora estão lutando pelo desacobertamento total dos OVNIs, tais como Luis Elizondo.

O moderador da entrevista,  Alan Steinfeld, tambem levantou a questão do suposto metal alienígena que teria sido recuperado de OVNIs acidentados, matéria que também já foi publicada aqui. É mencionado por Cameron que estas ligas metálicas estão na posse de Robert Bigelow.  Cameron diz na entrevista que possui fotos do metal recuperado, bem como do local do acidente, e ainda menciona o fato de Tom DeLonge ter confirmado que este acidente ocorreu em 1948, no estado do Novo México.

Por sua vez, Bassett detalha como foi o envolvimento de Tom DeLonge nesta questão, dizendo inclusive que DeLonge é meramente um veículo sendo utilizado por aqueles no Departamento de Defesa, etc., que querem que o desacobertamento ocorra. (Ressalto aqui que o perfil de Tom DeLonge no Facebook tem estado “quieto” desde o dia em que a notícia bombástica foi publicada no New York Times, em 16 de dezembro. Sinal de mais coisas interessantes por vir?)

A entrevista (em inglês) adentra outras informações muito interessantes e recomendo que seja assistida em sua íntegra, pelo menos para aqueles que estejam interessados em alguns pormenores da situação atual sobre o desacobertamento, que neste momento pode estar sendo liderado pelo governo dos EUA. 

Grant Cameron está muito otimista com o que tem ocorrido nesses últimos dias, e ele pensa que agora é uma questão de dias para toda a verdade ser revelada. Já Stephen Bassett é mais cauteloso e pensa que ainda temos alguns meses pela frente.

Seja lá o que acontecer, se você realmente pesquisou o suficiente sobre o fenômeno dos OVNIs, acompanhou o que tem ocorrido nessas semanas e conhece o depoimento das pessoas fidedignas que afirmam sua veracidade, certamente não há mais dúvidas de que se trata de algo muito real que tem assombrado até mesmo as forças armadas de todo o mundo.

Mas, mesmo com toda essa movimentação nesses últimos 15 dias que comprova sem sombra de dúvida a realidade do fenômeno dos OVNIs, ainda temos muitos céticos balbuciando por aí. Todavia, esses só falam sem fundamentação alguma, com base em suas crenças pessoais que lhes foram incutidas por uma lavagem cerebral efetuada pelas estruturas vigentes, e não são sequer capazes de pesquisar profundadamente fora daquilo que acreditam, e muito menos tiram seus traseiros de suas cadeiras confortáveis para ir atrás dos fatos.

Mal sabem eles que uma mente deve funcionar exatamente como um para-quedas o faz: aberto. Se a mente não se abre às possibilidades e trabalha em cima de uma negação absoluta dos fatos por mera convicção pessoal, quando a realidade chega rapidamente até ela, o impacto é muito grande. E tomem cuidado, pois tudo indica que esta realidade está vindo de forma acelerada agora.

Tomara.

  • (31) 3309-1721
© 2016 LABRE-MG - Todos os direitos reservados