Notícias

07/06/2019 - Noticias
NASA quer encontrar pistas de vida extraterrestre em lua de Netuno – Tritão...
por Apollo11 / Tradução e adaptação de PY4SM - Marcus

 

 


A NASA propôs o envio de uma espaçonave a Netuno para estudar de perto sua maior lua, Tritão.

* Conteúdo da matéria com veracidade comprovada, de fontes originais fidedignas.  NASA quer encontrar pistas de vida extraterrestre em lua de Netuno - Tritão

Representantes do Laboratório de Propulsão a Jato da NASA (JPL, na sigla em inglês) anunciaram o plano na semana passada, na Lunar and Planetary Science Conference, no Texas. 

Nos anos 80, a NASA explorou Netuno e Tritão com um breve sobrevoo na espaçonave Voyager 2. Descobertas interessantes incluíram a presença de gêiseres ativos em Tritão, o que o torna uma das poucas luas geologicamente ativas em nosso Sistema Solar, e o fato é que foi descoberto que ele é extremamente frio, com temperaturas superficiais de -235 graus Celsius.

Um fator que faz de Tritão um alvo atraente é que os cientistas acreditam que ele pode abrigar um oceano, indicando que as condições para a vida podem ser encontradas em lugares inesperados em nosso Sistema Solar. Eles também acham que Tritão era um Objeto do Cinturão de Kuiper (KBO, na sigle em inglês) que foi capturado pela gravidade de Netuno e foi colocado em órbita, tornando-se uma lua. Isso dá a oportunidade de estudar os KBOs sem ter que viajar para outras missões como a New Horizons.

Estudar Tritão poderia oferecer pistas sobre como a água líquida é mantida em planetas e luas. Dado que Tritão é tão frio, teoriza-se que poderia conter água em seus oceanos a temperaturas muito baixas por causa da presença de amônia, o que reduziria seu ponto de congelamento. Estudar esse fenômeno pode indicar o que procurar ao buscar a vida além do nosso próprio planeta.

Louise Prockter, diretora do Instituto Lunar e Planetário em Houston e principal investigadora da missão proposta, disse, de acordo com o New York Times:

Agora, chegou a hora de fazer essa missão. Agora é a hora de fazer isso com um custo baixo. E vamos investigar se é um mundo habitável, o que é de enorme importância. 

A equipe do JPL espera visitar Tritão no programa Discovery da NASA, que financia missões que custam menos de US$ 500 milhões. As missões do programa são lançadas a cada dois anos, e a missão atual é a altamente bem-sucedida sonda InSight que vem explorando Marte desde o ano passado. Outras propostas para o programa incluem o levantamento da Lua, a visita à lua de Júpiter Io, ou o retorno ao planeta Vênus.

  • (31) 3309-1721
© 2016 LABRE-MG - Todos os direitos reservados