Notícias

03/06/2019 - Noticias
Temporada de furacões do Atlântico 2019 deverá ficar próxima da média...
por Apollo11-NASA / Tradução e adaptação de PY4SM - Marcus

 

A temporada oficial de furacões do Atlântico Norte começa neste primeiro de junho e se estende até 30 de novembro. Normalmente bastante aguardada e preocupante, pelo potencial destruidor dos furacões, esta temporada de 2019 poderá ser mais calma em relação ao ano passado. A atuação do fenômeno El Niño, mesmo fraca, deverá reduzir o número de tempestades no Atlântico.

 

Foto do furacão Florence capturada pelo astronauta Alexander Gerst a bordo da Estação Espacial Internacional, em 12 de setembro de 2018. Crédito: Nasa.

Foto do furacão Florence capturada pelo astronauta Alexander Gerst a bordo da Estação Espacial Internacional, em 12 de setembro de 2018. Crédito: Nasa.

Os meteorologistas da Administração Nacional Oceânica e Atmosférica dos Estados Unidos (NOAA) prevêem que entre 9 e 15 tempestades tropicais deverão se formar sobre as águas da Atlântico Norte este ano, sendo que 8 poderão virar furacões, incluindo de 2 a 4 grandes furacões.

Em 2018, os prejuízos chegaram a 50 bilhões de dólares só com os furacões Florence e Michel. Foram 15 tempestades tropicais no total e 8 se transformaram em furacões.

 

Previsão de tempestades para a temporada de furacões no Atlântico 2019 divulgada pela NOAA.

Previsão de tempestades para a temporada de furacões no Atlântico 2019 divulgada pela NOAA.

Pacífico leste e central em perigo 
Mesmo com a perspectiva de uma temporada de furacões no Atlântico dentro da normalidade, isso não significa que eventos destruidores estejam descartados.

As regiões leste e central do Pacífico estarão mais vulneráveis este ano e o El Niño deve contribuir para aumentar a atividade dos furacões nestas áreas específicas, diz a NOAA. A probabilidade é de 70% para a formação de 15 a 22 tempestades nomeadas, das quais 8 a 13 poderão se tornar furacões.

O que há de novo nas previsões este ano?
As previsões de trajetória e intensidade das tempestades nesta temporada de 2019 terão um upgrade. Três satélites operacionais deverão coletar dados valiosos para alimentar os modelos de previsão de furacões. Além disso, observações aprimoradas através da aeronave Hurricane Hunter da NOAA também serão transmitidas quase em tempo real para especialistas do Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos (NHC).

A melhora nas previsões está sendo vista com entusiasmo pelos meteorologistas da NOAA e isso chegará ao público comum.

 

Consulte aqui a lista dos nomes das tempestades tropicais para este ano, divulgados pela NOAA.
 
  • (31) 3309-1721
© 2016 LABRE-MG - Todos os direitos reservados