Notícias

17/01/2020 - Noticias
Astronauta da Nasa contesta entusiastas que acreditam ter encontrado imagens de um satélite extraterrestre orbitando a Terra...
por veja.abril / Adaptação de PY4SM - Marcus

 

 

Uma das teorias que move a humanidade é a existência de vida fora da Terra. Esse assunto sempre rende diversas discussões e teorias que se dividem entre os céticos e os que acreditam que há algo lá fora.

 

A comunidade UFO (OVNI) acredita que o satélite extraterrestre existe há mais de 120 anos. De acordo com eles, o "Cavaleiro Negro" está na órbita quase polar da Terra, apesar de recorrerem a evidências díspares para comprovar isso. No entanto, essas supostas evidências, juntas, fazem as pessoas desconfiarem de possíveis encobrimentos da Nasa e do governo americano.

Evidências de sua existência Foto: Nasa 

Muitas das descobertas associadas à teoria do Cavaleiro Negro estão relacionadas a sinais de rádio. Porém, uma série de imagens que surgiram em 1998, após a primeira missão do Ônibus Espacial à Estação Espacial Internacional (ISS), trouxe uma nova perspectiva às discussões.

Algumas das imagens divulgadas mostravam um objeto preto pairando acima da Terra. Não demorou muito para que elas fizessem com que entusiastas criassem diversas novas teorias e as compartilhassem com o mundo.

 

Infelizmente, durante uma das missões, as coisas deram errado e um dos cobertores se soltou, fazendo com que flutuasse junto com alguns outros itens. "Jerry, uma das capas térmicas escapou", disse o comandante Robert Cabana, um dos astronautas da missão.

 

Evidência histórica

Em 1899, Nikola Tesla, em meio a experimentos, começou a captar sinais muito estranhos, aparentemente vindos do espaço. O engenheiro elétrico sérvio-americano apaixonado por tecnologia sem fio, estava no começo da construção de uma estação experimental de transmissão sem fio chamada Wardenclyffe Tower, em Shorenham, Nova York. Enquanto estava em seu laboratório, ele notou sinais incomuns e especulou que eles tinham vindo de outro planeta, uma afirmação recebida com descrença e ceticismo à época.

 

"A primeira fonte de ondas de rádio não terrestres foi descoberta na década de 1930, e era do centro de nossa galáxia, que é a fonte de rádio mais poderosas do céu em muitas frequências. Se o que Tesla detectou foi um sinal real e não uma interferência de seu instrumento, provavelmente veio da Terra", disse.

Mesmo com algumas provas que refutam a existência de um satélite extraterrestre estar observando a Terra, muitos ainda acreditam em sua existência.

  • (31) 3309-1721
© 2016 LABRE-MG - Todos os direitos reservados